segunda-feira, 8 de junho de 2020

Botando a cabeça pra funcionar nº 16 Quando o Sol Brilhar


Botando a cabeça pra funcionar

É uma ótima pedida

Vamos nos inspirar

Na imagem sugerida!

 chicabrincadepoesia.blogspot.com.br/botandocabecaprafuncionar16


Quando o Sol Brilhar

 

A chuva cai suavemente

Como cantiga de ninar

Gotas deslizam na vidraça

Parecem lágrimas a afagar

Minha alma enclausurada

Querendo se libertar!

 

De bico colado à janela

Comungando da minha nostalgia

Está um belo passarinho

A me fazer companhia

Entrelaçamos os corações

No tom dessa melancolia.

 

Continuamos na janela

Esperando a chuva passar

Quando o orvalho beijar as flores

E o sol voltar a brilhar

Soltaremos os grilhões da solidão

Livres seremos para viver e amar!


 https://brincadeirasdepoetas.blogspot.com.br/botandocabecaprafuncionar16.


8 comentários:

chica disse...

Quanta doçura nessa tua linda poesia...
Ver os pingos como cantigas de ninar é lindo! Muito legal do início ao fim! Obrigadão ,adorei e levei o link! bjs, ótima semana,chica

Roselia Bezerra disse...

Boa tarde de muita paz, querida amiga Lúcia!
Que delicadeza! Recortei os últimos versos para afagar meu 💙. Lindo demais!
Seu dom poético é muito do meu agrado, amiga
Não vejo agora de ver seu livro.
Tenha uma nova semana abençoada!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Cidália Ferreira disse...

Boa noite!
Parabéns pela interpretação brilhante!
-
As nuvens são castelos, onde desejo viver

Beijos e uma excelente semana! :)

Toninho disse...

Quando a chuva passar, os lábio vão se encontrar.
Um sol há de brilhar no imenso infinito azul.
Será primavera em meu coração liberto da solidão.
Bravo querida Lúcia inspiração que me inspira. Show!

Uma linda semana para você com cantos de Sabiás.
Beijo amiga.
Vamos sair desta bem.

" R y k @ r d o " disse...

O meu elogio pela brilhante participação, Deixando uma flor.��
.
Tenha um dia feliz
Cumprimentos

silvioafonso disse...

Nem te reconheci por detrás dessa
máscara, Lúcia querida e tu, certamente,
nem a mim.
Beijos com ela ou sem ela, mas um
beijo de amigo.

Maria Luiza disse...

Gosto demais do que você escreve! Ficou uma doçura a sua inspiração! Beijinhos!

Vera Lúcia disse...

Lindo poema! Leveza dos versos, dos sentimentos.



Uma imagem, uma trova nº08

  Chegou o dia de brincar De uma imagem, uma trova Com certeza vai gostar De pôr o cérebro à prova   Para lhe desafiar Cinco reg...