quarta-feira, 22 de novembro de 2017

BC RAIO-X_ 54_ Vida minha vida.




Meu Raio X dessa semana

Propostas:

1 - O que um dia te encantou e hoje não encanta mais? 
O amor que une duas pessoas e os convida a olharem na mesma direção, se completam, se respeitam e aprendem com os defeitos um do outro e os conflitos normais nos relacionamentos a dois. Quando adolescente e na fase adulta, acreditava em príncipes encantados, em amor e uma cabana, em fidelidade e, com o passar do tempo, com os relacionamentos que não deram certo, sobretudo o noivado, então, perdi o encantamento. Sei que o amor de verdade existe, mas como, o cupido ainda não me acertou vou caminhando assim com encantos e desencantos.

 
  
2- Se tivesse a máquina do tempo, a que tempo regressaria?
Com certeza a minha infância e adolescência. Ambas as fases me marcaram bastante, pois no meu lar existiu muito amor, alegria e diálogo. Tivemos dificuldades como família de origem humilde financeiramente, mas nada nos faltou, nem o pão de cada dia nem o amor dos nossos pais e da minha irmã, graças a Deus somos muito unidas, embora ela seja bastante protetora e de vez enquanto estamos nos estressando, o amor fraternal é forte e isso não interfere no relacionamento. Meu pai era minerador e minha mãe costureira, suaram, batalharam, sofreram, mas nos deram uma vida digna, pautada nos valores cristãos, então cresci e fui educada num ambiente de muito amor e otimismo. Eles se foram e deixaram um valioso legado afetivo e até hoje conservamos essa afetividade e a alegria de viver.


  3- Até que ponto controlou o curso, que sua vida tomou?
Como a caçula da família, sempre fui mimada por todos. Tinha horário de sair e chegar em casa, minhas companhias era escolhidas a dedo. Meus pais não me deixavam sair de casa para festas ou missas com qualquer pessoa, tinha de ser alguém de muita confiança. Frequentei grupos religiosos na época de adolescência e juventude, continuamente sob o olhar atento da família. Não reclamo dessa forma que fui criada, foi o meu pilar na fase adulta quando, de fato, consegui um emprego como professora na rede pública municipal, depois na estadual, então a partir daí fui assumindo o controle do curso da minha vida. Cresci quanto pessoa, pois fui amadurecendo e profissionalmente assumindo gestão, coordenação pedagógica e também administrativa e, tudo isso, agradeço a Deus em primeiro lugar e aos meus pais, os quais me encaminharam para enfrentar a vida com dignidade, caráter, confiança e persistência.






16 comentários:

✿ chica disse...

Que lindas e bem sinceras tuas palavras ,Lúcia! E quem não lembra da infância ? Tu soubeste, com todo carinho que recebeste da família, seguir tua vida e bem direcioná-la... beijos, chica

Elvira Carvalho disse...

Gostei de ler. Fiquei a conhecê-la um pouquinho melhor.
Um abraço

Larissa Santos disse...

Boa noite. Maravilhoso quando passamos a "conhecer" um pouco mais as pessoas. Gostei



Bjos
Feliz Quarta-Feira

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Minha querida Lúcia que belas e centradas respostas. Muito boa sua participação e aos poucos vamos lhe conhecendo um pouquinho mais. Parabéns! Abraços, fica na paz de Deus.

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Que linda participação,amiga Lúcia.

Respostas verdadeiras,sinceras,íntegras,inteligentes.

E imagens deslumbrantes!

Amo seu espaço!!!


Feliz noite de quarta_feira

Obrigada pela visita e volte sempre.

Beijos sabor carinho

Donetzka

Blog Magia de Donetzka

Toninho disse...

Obrigado Lucia por nos apresentar mais um pouco desta pessoas maravilhosa que ganhamos de presente este ano. Temos em comum esta vida de famílias pobres. Meu pai também foi trabalhador das minas de minérios a céu aberto.Uma vida difícil, mas pautada nos bons comportamentos e dentro da religiosidade que era muito forte e tradicional, num cantinho de Minas Gerais.
Gosto de ver quem enaltece a família e a vê como pilar de sua formação.
A gente vê sinceridade nas respostas e assim sente a grandeza da pessoa, que passa o que foi e mostra como de dedica em melhorar em cada dia.
Muito boa sua participação Lucia.
Fiquei feliz com sua vinda.
Beijos

Estação cigana disse...

Oi Lúcia!
Parabéns pela tua participação!
Esse amor e carinho dos pais e família, realmente é a base para se formar pessoas de bem.
Adorei te conhecer um pouco mais.
Gratidão pela tua presença sempre tão carinhosa.
Um fim de semana de muita paz e harmonia pra ti.
abração com carinho

Diana Fonseca disse...

Gostei muito dessa iniciativa do raio x.

Beijinhos, A Vida De Diana.

Poesia do Bem disse...

Bom mesmo conhecer mais de vc e saber do teu grande amor, família, amigos, tempos que não voltam, mas que a gente precisa conservar os valores

Anete disse...

Uma bonita participação, Lúcia, a sua caminhada é alicerçada no amor e na esperança. Uma vida construída com bons valores.
O meu carinho e abraço... Bom fim de semana

Poções de Arte disse...

Bom dia, Lúcia!
Este tipo de criação nos prepara realmente para a vida. Agrega valores, ensina respeito, dá uma base sólida ao ser humano.
Muito bom o seu post e já cheguei te conhecendo um pouquinho, o que é muito legal.

Obrigada pelo carinho com o meu trabalho lá na caverna. Amei sua visita e também estarei sempre por aqui.

Abraços esmagadores e dias felizes.

Pedro Luso disse...

Olá, Lucia!
Faço minhas as palavras do amigo poeta Toninho. Parabéns pela bela postagem.
Um ótimo domingo.
Um abraço
Peddro

Dina nordestina disse...

Olá Lúcia, que bom saber mais de você neste relato transparente. Essa forma rígida de educar os filhos é como uma estrada com apenas caminhos retos, sem espaço para desvios, o contrário de hoje onde a liberalidade impera e remete aos caminhos tortos. Parabéns amiga...excelente participação.

Bjss!

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Bom dia, Lucia
Gostei demais das suas respostas.
Uma Boa educação é fundamental.
Te desejo uma abençoada nova semana.
Beijinhos de
Verena e Bichinhos.

Profª Lourdes Duarte disse...

Boa noite amiga!
Vim agradecer sua amável visita e lhe deixar um carinho em forma de abraço virtual.
Amo suas postagens e logo voltarei para comentar. Tenha uma noite de paz iluminada por jesus. Abraços

Zilani Célia disse...

OI LUCIA!
RECORDAR É TÃO BOM, AINDA MAIS QUANDO O QUE TEMOS EM TERMOS DE PASSADO, INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA, NOS É CARO E SAUDOSO.
NOSSOS PAIS, FIZERAM O MELHOR QUE PUDERAM EM TODOS OS SENTIDOS DE NOSSAS VIDAS E É ESSA CONSCIÊNCIA QUE NOS DÁ RESPALDO PARA VIVERMOS E AGIRMOS DA MESMA FORMA COM RELAÇÃO A VIDA E A EDUCAÇÃO DE NOSSOS FILHOS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Vamos brincar co m a chica nº 17

https://sementesdiarias.blogspot.com.br/ Quinta-feira dia de brincar A palavra da hora é rede Vamos a cuca exercitar S...